Fotografando uma igreja relevante – Parte 1

por | 28/02/2013 | Diário de Bordo | 0 Comentários

Começo aqui uma série de artigos sobre como melhorar as imagens do seu site com dicas fáceis e práticas abrangendo técnicas básicas de fotografia, edição de imagens, seleção de material e erros comuns.

78d607068cd064420401737e12f83bae_L

Começo aqui uma série de artigos sobre como melhorar as imagens do seu site com dicas fáceis e práticas abrangendo técnicas básicas de fotografia, edição de imagens, seleção de material e erros comuns.

Ainda não existem estatísticas a esse respeito no Brasil, mas a cada dia cresce o número de pessoas que olham o site da igreja antes de visitá-la. Eu já faço isso e você provavelmente também faz.

A primeira coisa que notamos no site são as imagens. A frase “uma imagem vale mais que mil palavras” não se tornou um clichê a toa. Pelas imagens vamos tirar conclusões (mesmo que inconscientemente) a respeito do estilo doutrinário, forma de liderança, tamanho da congregação, infraestrutura e do profissionalismo ou amadorismo das pessoas que servem lá. Por isso leve as imagens do seu site a sério.

 

Deletar é necessário

Muito antes de começar a tirar a foto perfeita é necessario ter o bom senso de deletar as outras 372 imperfeitas.
Essa é a primeira disciplina da fotografia.
Não tenha dó de deletar.
Isso vale para qualquer foto que você tenha que publicar, tanto tiradas por você quanto por terceiros. Desenvolver uma habilidade leva tempo e exige esforço mas uma percepção do que é agradável vem muito mais cedo.
Apague fotos tremidas, escuras, desfocadas, com problemas de enquadramento e principalmente fotos repetidas.
Eu repito: apague fotos repetidas.
Fotos tiradas em sequência, da mesma situação devem ser limadas até sobrar apenas uma.

 

Estude

Você sabe o que são abertura de diafragma, velocidade de obturador e sensibilidade do sensor (ISO)? Sabe quando deve priorizar um sobre os outros dois?
Se você titubeou para responder não se engane. Você não sabe fotografar.
Existem cursos de fotografia presenciais e online, revistas e livros sobre o assunto, o céu é o limite. Mas para aprender a fotografar você precisa de muita prática e um pouco de teoria.
Estou enfatizando a parte da teoria pois é a mais deficiente nessa nova geração.
Qualquer um consegue tirar uma boa foto de vez em quando. Um bom fotógrafo é um alguém que consegue tirar boas fotos consistentemente.

 

Fotógrafo

Se você não tem tempo ou interesse em estudar fotografia não insista. Delegue esta tarefa para outra pessoa. Pode ser um voluntário ou um fotógrafo contratado.

Imagine o seguinte cenário: No final do retiro o pastor anuncia que as fotos estarão disponíveis no site em dois dias. Você está tranquilo pois o fotógrafo, que é muito habilidoso, pegou todos os melhores momentos, além de estar com uma câmera nova que tem o tamanho de uma bazuca. Quando o retiro acaba o fotógrafo te encontra e te entrega um cartão de memória de 16Gb com 6 mil fotos. Você terá que selecionar as fotos corretas, redimensionar para o web e fazer upload. Pode comprar três latas de Red Bull.

É vital deixar claro qual o escopo da tarefa do fotógrafo. Quantas fotos serão usadas? Quem fará a edição? Em quais momentos ele terá que estar presente? Qual o prazo? Estas são apenas algumas situações que me ocorrem no momento mas estas e outras questões devem ser esclarecidas no contrato ou termo de voluntariado.

 

Banco de imagens

Só precisa de uma foto para um slide ou outro material promocional?
A melhor opção são os bancos de imagem. Você pode encontrar a foto ideal por apenas um dólar na maior parte dos casos. Alguns exemplos de bancos de imagem:
shutterstock.com
bigstockphoto.com
stocksy.com

Por hoje é só, mas ainda temos muito chão para cobrir. Espero que essas dicas ajudem o site da sua igreja a se tornar mais agradável e relevante. Na próxima parte vamos ver algumas dicas sobre como tirar fotos melhores. Até lá revise as fotos que já estão no seu site e siga as recomendações do item 1. Se tem alguma pergunta deixe-a nos comentários abaixo.

Até a próxima semana.